FANDOM


Wiki-wordmark A página Bobo Haha está em construção, por favor, não atrapalhe na sua criação.

Bobo Haha é um Macaco EVO que tem a habilidade de falar e pensar como um humano, macaco que auxilia Rex. Ele usa um tapa olho, por uma razão desconhecida. Em um dado momento ele afirma que é uma má influência.

Além da habilidade de falar, ele parece ser um Macaco completamente normal. Bobo ainda usa fralda mais ele gosta de se referir a ela como uma Cuequinha Símia.

No Brasil, ele foi dublado pelo Ronaldo Júlio.

HistóriaEditar

Pouco se sabe sobre o passado de Bobo. No entanto, ele afirmou que antes de ser transformado em um EVO, ele era um animal ajudante treinado para divertir as crianças em um hospital. Seu proprietário era supostamente um filantropo excêntrico.

Ele também afirma que ele foi banido de seis países diferentes para uma série de brincadeiras. Essas brincadeiras o levaram a ser capturado inúmeras vezes pela Providência, mas toda vez ele foi capaz de escapar. No final destas travessuras, ele ficou ameaçando "apertar o botão" de caviar na Rússia, que acabou resultando na sua captura pela Providência. Mais tarde, ele encontrou Rex, um jovem EVO e a futura arma secreta da Providência, e Dra. Holly, a futura cientista-chefe da Providência. Ele o ajudou a sair de uma enrrascada e isso provavelmente lhe rendeu um emprego na Providência e virou o melhor amigo de Rex.

CuriosidadesEditar

  • Bobo pode cozinhar, mas de acordo com ele, ninguém aprecia seus esforços.
  • Ele afirmou que ele odeia bananas, mas também tem sido visto comê-las muitas vezes.
  • Ele também é tímido, como mostrado quando ele desmaiou depois de aparecer na TV. 
  • Em Seis Menos Seis, Agente Seis o chama de "Hobo Baha".
  • Ele adora ouvir heavy metal.
  • Quando Rex curou o mundo inteiro de EVOs, não ficou claro se Bobo foi curado ou não. Ele não fala no final do episódio.
  • O homem que Bobo alega ter trabalhado para antes Providência é "um homem com um chapéu roxo" bem como "o homem em um chapéu amarelo" das histórias de "George, o Curioso".